PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 12 anos
PróximoAnterior

75 pessoas prestam serviços à comunidade em Pouso Alegre como forma de pagar pelos crimes cometidos

Capina, manutenção e limpeza são algumas das atividades exercidas por aqueles que cometeram delitos em menor potencial ofensivo

PróximoAnterior
Foto: Prefeitura de Pouso Alegre

Setenta e cinco pessoas que praticaram delitos de menor potencial ofensivo em Pouso Alegre estão realizando a Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) como uma alternativa à pena pelos crimes que cometeram.

Esta prestação de serviços é algo previsto no código penal. Entre as atividades realizadas se destacam os serviços de capina, manutenção e limpeza, além de outras ações executadas em repartições públicas do município.

PróximoAnterior
Foto: Prefeitura de Pouso Alegre

De acordo com a Secretária Municipal de Políticas Sociais, Marcela Reis Severino do Nascimento, as penas alternativas fornecem a possiblidade de ressocialização e reeducação do indivíduo que cometeu um delito leve. “Assim, a pessoa pode trabalhar e se reintegrar socialmente”, pontua.

Ainda de acordo com ela, os trabalhos são realizados por meio de uma parceria da Prefeitura com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). “O Setor de Recuperandos faz essa ponte para que seja possível a execução do serviço, que é sempre supervisionado pelo Sr. Benedito da Silva Cunha, o Pastor Ditinho”, concluiu.

No ano passado, 115 pessoas foram atendidas pelo programa na cidade e a expectativa é que em 2023 o número suba para 250.

Foto: Prefeitura de Pouso Alegre