PousoAlegrenet

Menu

Leandro.com é solto da prisão e responderá em liberdade por estelionato

Prisão preventiva era de 45 dias. Colunista é acusado de aplicar golpe na locação de sítios

Leandro foi preso preventivamente em fevereiro (Foto: PousoAlegrenet)

O Colunista Social Leandro.com, acusado de estelionato, não está mais preso. Segundo a Polícia Civil, ele foi solto na noite desta quinta-feira (5), após ter recebido um alvará de soltura.

Leandro Oliveira Silva é acusado de aplicar um golpe na locação de sítios na região. De acordo com a Polícia, ele negociava a locação do sítio de terceiros, recebia os adiantamentos, mas não os reservava. Em alguns casos o prejuízo chegaria a R$ 7 mil.

O esquema estourou no final de 2017, quando famílias chegavam aos sítios para as festas de final de ano e estes não estavam reservados. Em alguns casos, o mesmo sítio foi reservado para mais de uma família.

As reclamações ganharam as redes sociais e o colunista sumiu. Casos foram registrados na Polícia, que abriu oito inquéritos. Como Leandro não era encontrado para prestar esclarecimentos, um mandado de prisão preventiva foi expedido.

Leandro acabou preso no dia 20 de fevereiro em São Gonçalo do Sapucaí (MG). Segundo o próprio Leandro, ele havia chegado em Pouso Alegre na noite anterior, vindo do Rio de Janeiro, e iria para Belo Horizonte (MG), mas foi preso no meio do caminho.

Na delegacia, Leandro pediu desculpas à família, amigos, e aos colegas de imprensa. Ele disse que irá pagar às vítimas.

Leandro foi levado para o presídio de Pouso Alegre ainda no dia 20/02. Segundo o colunista policial Airton Chips, Leandro ficou em cela separada dos outros presos.

Segundo a polícia, nesse período ele teria colaborado com as investigações, não se fazendo necessário prolongar o prazo da prisão preventiva, que era de 45 dias. Agora ele responderá em liberdade por estelionato.