PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Ex-Advogada de pouso-alegrense condenada na Tailândia e mais 6 são presos por suspeita de associação ao tráfico em Pouso Alegre

A advogada Talita Leonidia Aparecida Franco já havia sido presa em 2020 suspeita de mandar matar o marido; Ela aguardava julgamento em liberdade

PróximoAnterior
Foto: Redes Sociais

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (15) seis homens e uma advogada por suspeita de associação ao tráfico de drogas. Talita Leonidia Aparecida Franco, de 30 anos, era advogada da pouso-alegrense condenada por tráfico de drogas na Tailândia.

A advogada já havia sido presa em 2020 suspeita de mandar matar o marido. Ela estava em liberdade provisória. Talita ainda aguarda julgamento à respeito do caso. Na ocasião, os autores da tentativa de homicídio confessaram à Polícia Militar que receberiam R$ 10 mil da esposa para matar a vítima. Wellington Aparecido dos Santos foi socorrido com vida.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão da advogada é temporária. As investigações iniciaram-se há um ano, quando a Polícia Civil identificou uma organização criminosa que atuava em Pouso Alegre e região com tráfico de drogas.

O PousoAlegrenet entrou em contato com a defesa de Talita. A advogada Kaelly Cavoli informou estar analisando o inquérito. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Pouso Alegre comunicou que não irá se manifestar, visto que a prisão não ocorreu durante exercício da profissão.

PróximoAnterior

A operação

Foram expedidos 15 mandados de busca e apreensão e 11 mandados de prisão. A operação ‘Black List’ iniciou-se às 6h10min da manhã desta sexta-feira em Pouso Alegre, Conceição dos Ouros e Heliodora.

A Polícia Civil informou que outros 6 homens foram presos. Durantes as buscas, algumas porções de maconha foram encontradas em posse dos investigados. Outros dois homens, de 19 e 20 anos foram conduzidos por crimes de menor potencial não informados pela Polícia Civil e liberados.

Foto: Polícia Civil

Além de dois homens de 20 e 26 anos presos com uma arma de fogo (espingarda) sem registro, uma porção de maconha, balança de precisão e munições de diferentes calibres em sua residência.

A operação da Polícia Civil contou com os apoios da aeronave Carcará 2 da Coordenação Aerotática e da equipe do Canil da Polícia Civil. 55 policiais civis foram mobilizados na ação.

Os presos foram encaminhados ao Presídio de Pouso Alegre e Talita Franco encaminhada para o presídio de Santa Rita do Sapucaí.