PousoAlegrenet

Menu

Prado pede a cassação de Simões por compra supostamente irregular de remédios do hospital

Na semana passada, foi o prefeito que pediu a cassação de Prado. Abertura dos pedidos será votada nesta terça-feira (25)

Simões gravou vídeo criticando André Prado (Foto: Reprodução Facebook)

O vereador André Prado (PV) pediu a cassação do mandato do prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões (PSDB). Na semana passada, foi o prefeito que pediu a cassação de Prado.

Os dois pedidos tem ligação com o caso das compras feitas pelo prefeito de remédios do hospital das Clínicas Samuel Libanio. A compra foi considerada irregular pela FUVS. O caso está nas mãos do Ministério Público Federal, que ainda não se pronunciou.

André no uso da tribuna da terça, 18 (Foto: Reprodução TV Câmara)

Para Prado, Simões praticou infração político-administrativa, já que fez uma das compras já como prefeito da cidade, e a FUVS recebe recursos municipais.

No pedido contra Prado, Simões alegou que não houve crime ou infração. Ele acusou André Prado de calúnia e quebra de decoro parlamentar por ter afirmado na tribuna que o prefeito cometeu crime, que seu grupo age como quadrilha, e outras acusações.

Oposição ao governo Simões, Prado sempre criticou publicamente o prefeito. As palavras mais agressivas usadas dessa vez, em pleno período eleitoral, desencadearam uma série de ataques mútuos. Ambos chegaram a patrocinar vídeos no facebook atacando um ao outro.

A abertura dos pedidos contra Simões e contra Prado será votada na sessão da noite desta terça-feira (25).