PousoAlegrenet

Menu

Quase metade dos ônibus da Gardênia fiscalizados pela ANTT acabaram autuados em 2019

Alvo de inúmeras reclamações no Sul de Minas, empresa tem se envolvido em acidentes, segundo passageiros e motoristas, por problemas no sistema de freios. Empresa nega

Ônibus da Gardênia não conseguiu fazer rotatória em Itajubá neste final de semana. Segundo morador, por problema nos freios (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Quase metade dos ônibus da Expresso Gardênia fiscalizados em 2019 pela Agencia Nacional de Transportes Terrestres acabaram autuados. A informação foi enviada após questionamentos quanto a fiscalização do serviço da empresa, alvo de inúmeras reclamações no Sul de Minas. O DEER-MG também foi questionado, mas até o momento não informou números.

Nos últimos meses, tem sido frequente acidentes envolvendo os ônibus da empresa. O motivo, segundo passageiros e motoristas, são problemas no sistema de freios. A empresa nega.

Atraso nesta terça-feira irritou passageiros em Pouso Alegre (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Segundo a ANTT, de 490 veículos fiscalizados em 2019, 226 acabaram autuados (46%), sendo lavrados 380 autos de infração, sendo 64 por defeito/ausência de equipamento obrigatório. As fiscalizações aconteceram nos terminais rodoviários de Belo Horizonte, Tiete, Campinas, Pouso Alegre, Pindamonhagaba e Franca.

Além de negar problema de freios nos acidentes, a Gardênia disse que prima pela qualidade e segurança de suas atividades, e disse ser uma das empresas com menor índice de acidentes no país.

No dia 08/04, ônibus foi parar no barranco Entre Munhoz e Bragança (Foto: Redes Sociais)