PousoAlegrenet Logo PousoAlegre.net

Menu 11 anos
PróximoAnterior

Chinesa XCMG é a 2ª maior favorecida por emendas do suposto orçamento secreto

'Orçamento Secreto' é a não identificação dos parlamentares que indicaram a verba. Segundo portal da transparência, já estão empenhados R$ 245 milhões para a compra de máquinas pesadas da gigante Chinesa

PróximoAnterior
Foto: Divulgação Indi

A Chinesa XCMG foi a 2ª maior favorecida por emendas parlamentares do suposto orçamento secreto. A informação aparece na área de emendas do portal da transparência.

Segundo os dados, a maior favorecida foi o Fundo Estadual de Saúde de São Paulo, com R$ 317 milhões. Segunda no ranking, foram empenhados para a empresa Chinesa o valor de R$ 245 milhões.

Reprodução Portal da Transparência
Reprodução Portal da Transparência

Os recursos na XCMG são do chamado ‘Orçamento Secreto’, que são emendas que não identificam os parlamentares que as destinaram, colocando na conta do ‘relator geral’. O modelo pouco transparente facilitaria a compra de apoio político. Para se ter uma idéia, os parlamentares de Minas destinaram de forma identificada o valor de R$ 267 Milhões em emendas. Já o relator geral, indicou quase R$ 13 Bilhões.

PróximoAnterior

Entre os 10 maiores favorecidos por emendas parlamentares, aparecem apenas duas empresas:

  • A XCMG, com sede em Pouso Alegre, e que produz máquinas pesadas;
  • e a Deva Veículos, com sede em Betim, e que é concessionária da fabricante de caminhões e micro-ônibus IVECO.

O PousoAlegrenet tentou contato com a XCMG, mas não conseguiu falar com nenhum de seus representantes até o momento. Caso a empresa se manifeste esta matéria será atualizada.

Sede da XCMG em Pouso Alegre foi usada para atacar prefeitura

UOL divulgou matéria com Simões na capa, tentando conecta-lo ao suposto ‘orçamento secreto’

No começo do mês, opositores e alguns veiculos de imprensa aproveitaram que a sede da XCMG ficava em Pouso Alegre para tentar atacar o prefeito Rafael Simões, que é pré-candidato a deputado federal, e o Presidente do Senado Rodrigo Pacheco, seu aliado político.

Tudo começou quando um jornalista do Estadão, que havia noticiado dias antes que grande parte dos recursos iam para compra de maquinas, como da XCMG, publicou uma matéria colocando Pouso Alegre no topo do ranking das cidades que mais receberam recursos. Ele só não explicou que todo o montante enviado para a XCMG, sequer passa pela prefeitura, e vai direto para os cofres da empresa Chinesa. Segundo o portal da transparencia, Pouso Alegre não recebeu nenhuma verba parlamentar federal nos últimos anos.